A Série tem como objetivo divulgar e disseminar a produção de estudos e pesquisas relacionados ao monitoramento dos planos de educação e à análise e avaliação de políticas públicas e programas educacionais, com vistas a subsidiar a formulação, implementação, monitoramento e avaliação de planos, políticas e programas educacionais.

A publicação está alinhada às competências da Coordenação-Geral de Instrumentos e Medidas Educacionais da Diretoria de Estudos Educacionais estabelecidas no Regimento Interno do Inep (2017), a saber: "planejar, promover, coordenar e supervisionar o desenvolvimento de estudos educacionais sobre temas de interesse do MEC e do Inep, bem como de estudos e indicadores relacionados ao monitoramento de planos nacionais de educação e à avaliação de políticas e programas educacionais; além de promover em articulação com a Coep (Coordenação de Editoração e Publicações), a disseminação dos estudos educacionais produzidos".

Os Cadernos publicam apenas textos inéditos. É uma série de acesso aberto sob licença Creative Commons, portanto, permite compartilhar, distribuir, exibir e fazer trabalhos derivados de seu conteúdo, desde que se atribuam os créditos devidos.
A exatidão das informações e os conceitos e opiniões emitidos nos textos submetidos são de exclusiva responsabilidade dos autores (as), não refletindo, necessariamente, a opinião de seus organizadores e equipe editorial.

Os textos são encaminhados exclusivamente para os seus organizadores, no formato de Estudos – artigos resultantes de pesquisas empíricas e teóricas com objetivos claros, fundamentação teórica e adequação metodológica que respaldem a discussão apresentada sobre avaliação da educação, políticas educacionais e plano nacional de educação.

Normas gerais para apresentação dos originais

Idiomas: os textos podem ser redigidos em português, espanhol ou inglês.
Os textos em espanhol ou inglês devem ser submetidos devidamente revisados por especialista na língua. A comprovação deverá ser realizada por meio de declaração assinada pelo revisor e submetida como documento suplementar.

Autoria:

O número de autores por artigo científico não poderá exceder o total de quatro pessoas.

Os autores precisam enviar o termo de cessão de seus direitos autorais ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) devidamente assinado.

Os Cadernos reservam-se o direito de efetuar alterações nos originais, respeitados o estilo e as opiniões dos autores, com vistas a manter a qualidade do periódico.

 

Fonte: Times New Roman, em corpo 12 para o texto, corpo 10 para as citações destacadas e corpo 8 para as notas de rodapé.


Ilustrações: as imagens devem possuir resolução a partir de 300 dpi e estar acompanhadas das fontes e de título que permita compreender o significado dos dados reunidos. Os quadros, e branco e obedecer às normas de apresentação tabular do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Título: o título do artigo deve ser breve (máximo de 200 caracteres com espaço), específico e descritivo, contendo palavras representativas do seu conteúdo, e vir, também, traduzido para o inglês e espanhol.


Resumos: os artigos devem ter, obrigatoriamente, resumos informativos em português, inglês e espanhol, com até 1.500 caracteres com espaço.

 

Palavras-chave: os artigos devem apresentar entre três e cinco palavras-chave referentes ao seu conteúdo, escolhidas, quando possível, em vocabulário controlado – Thesaurus Brasileiro de Educação, – e vir traduzidas para o inglês e o espanhol.


Citações: as citações devem seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT NBR 10.520/2002).

 

Notas: as notas de rodapé devem ser evitadas. Se necessárias, devem ter a finalidade de oferecer observações complementares; realizar remissões internas e externas; introduzir uma citação de reforço; ou fornecer a tradução de um texto. As indicações das fontes bibliográficas devem ser feitas no texto.


Referências bibliográficas: as referências bibliográficas devem constituir uma lista única no final do artigo, em ordem alfabética por sobrenome de autor; devem ser completas e elaboradas de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT NBR 6023/2002).

 

Diretrizes éticas


Originalidade: a submissão de um original implica que o trabalho:
a) não foi publicado anteriormente (exceto sob a forma de resumo ou como parte de uma palestra ou tese/dissertação acadêmica, devidamente referenciados no artigo);
Não se admite o uso não referenciado de ideias, conceitos, análises, imagens e textos (ou fragmentos de textos) de outros.

 

Detecção de plágio: para verificar a originalidade, o trabalho será submetido ao software de detecção de plágio Similarity Check.

 

Publicação redundante (autoplágio): não se deve republicar o mesmo trabalho sob novo título ou se apropriar de parte significativa de texto já publicado pelo mesmo autor.
Trechos de textos já publicados do mesmo autor em outras revistas com ISSN ou livros com ISBN devem ser devidamente referenciados e não podem exceder o limite de 30% do total do artigo original submetido aos Cadernos.
Uma vez identificado plágio, superior a 30%, o autor terá seu artigo excluído do volume.
Observar as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais, quando os procedimentos metodológicos envolverem a utilização de dados diretamente obtidos com participantes ou informações identificáveis, na forma definida pela Resolução CNS, nº 510, de 07 abril de 2016.